a


Don’t _miss

Wire Festival

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nullam blandit hendrerit faucibus turpis dui.

O que você está procurando?

>Destaques >Setor de drones deve crescer 25% em 2019 e os desafios serão debatidos no IBAS

Setor de drones deve crescer 25% em 2019 e os desafios serão debatidos no IBAS

Pelos menos 70 mil Aeronaves Remotamente Pilotadas estão cadastradas no sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), onde 44 mil são para uso recreativo e 25 mil para uso profissional.

 

O setor de drones (aeronaves não tripuladas) está em franca expansão no Brasil e, de acordo com dados da MundoGeo, a cadeia prática do setor movimentará, em 2019, R$ 500 milhões, representando um crescimento de 25% e superando os mais de R$ 400 milhões do faturamento alcançado em 2018. Pelos menos 70 mil Aeronaves Remotamente Pilotadas (Remotely-Piloted Aircraft – RPA) estão cadastradas no sistema da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), onde 44 mil são para uso recreativo e 25 mil para uso profissional. No total, 52 mil pessoas são cadastradas para operar os drones, sendo 93% de pessoas físicas e 7% de pessoas jurídicas.

Nesse sentido, o IBAS – International Brazil Air Show 2019, que acontece entre 11 e 13 de setembro, no Gru Airport (SP), contempla uma agenda estratégica para debater o mercado de drones no Brasil. O Workshop Drones terá quatro Painéis: Mercado de drones no Brasil e no Mundo; Tecnologia embarcada; Desafios regulatórios; e Tecnologias de detecção de drones nos aeroportos. Especialistas dos setores público e privado participam do Workshop. 

“Trouxemos essa agenda para o IBAS 19 considerando a importância desse setor no Brasil, principalmente após a regulamentação e a crescente utilização nos diferentes segmentos, como a agricultura e a área de infraestrutura. A discussão, no evento, deve abordar as vantagens econômicas que as aeronaves não tripuladas ou drones representam, bem como os desafios que deverão ser tratados nos próximos anos, dos quais destacamos a responsabilidade em termos de proteção de dados, privacidade, ruído e emissão de CO2, entre outros pontos”, enfatiza a idealizadora do IBAS – International Brazil Air Show e diretora executiva da Sator, Paula Faria.

Palestrante do Painel Mercado de drones no Brasil e no Mundo, no IBAS 19, o CEO da MundoGeo, Emerson Granemann, cita que, atualmente, no Brasil, mais de 30 mil pessoas estão envolvidas com o setor de drones, seja direta ou indiretamente, que é difícil pensar em geolocalização, inspeções, segurança, resgate, mapeamento, telecomunicações, por exemplo,  sem a ajuda dos drones.  “Vale destacar ainda o grande número de empresas públicas e privadas que estão optando por se equipar com a tecnologia para gerar seus próprios dados, dispensando a contratação de prestadores de serviços. Toda essa movimentação tem a previsão de gerar em 2019, no país, R$ 500 milhões de faturamento. E, na minha apresentação no IBAS, destacarei as expectativas para esse mercado no contexto global, dando ênfase ao atual cenário brasileiro”, disse Granemann.

 

Mercado Global
O mercado global de serviços drones pode chegar a US$ 127 bilhões até 2020, segundo relatório da consultoria PwC e realizado em 2017, que aponta o agronegócio como um dos setores responsáveis pela popularização dos drones, onde 26% das aeronaves são usadas na agricultura, ficando atrás apenas da área de infraestrutura (inclui todos os usos possíveis na engenharia civil) e que detém 41% do uso.

 

Para acessar a Programação Completa do IBAS 19, CLIQUE AQUI!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PATROCÍNIO PLATINUM

HOST EDUCATION

PATROCÍNIO DIAMANTE

PATROCÍNIO OURO

PATROCÍNIO PRATA

PATROCÍNIO BRONZE

PATROCÍNIO APOIO

PARCEIRO ESTRATÉGICO

APOIO INSTITUCIONAL ESTRATÉGICO

APOIO INTERNACIONAL

APOIO INSTITUCIONAL

APOIO DE MÍDIA

APOIO DE MÍDIA INTERNACIONAL

EVENTO PARCEIRO

REALIZAÇÃO

CORREALIZAÇÃO